sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Desejo.

O meu desejo agora é poder deitar na mniha cama quentinha e dormir, dormir e dormir, para acordar quando o sol estivesse bem quente e não quando mniha mãe me chama no frio para ir à escola. Okay, um desejo menos imediato. Poder continuar a falar com meus amigos até o último de meus dias. Assim como eu já falei da outra vez, eu não gosto d epensar que não vou me encontrar com uma pessoa nunca mais. Isso é meio triste. E pensar que tem pessoas que perdem pessoas queridas sem nem poder dizer adeus... Hoje faziam seis meses que o primo-quase-irmão de uma amiga mniha faleceu, e a mniha amiga estava muito triste, cabeça cabixa, calada num canto, nem parecia ela. Ver ela desse jeito me fez pensar que eu não sei de nada mesmo. Até agora não tive nenhuma perda equivalente à dela, mas fico com dó dela. Simplesmente não sei o que dizer como consolo. É uma situação bem delicada, eu acho. Quem dera Nada tivesse fim, quem dera tudo fosse infinito. Infinito é uma palavra tão forte, ela não tem um valor certo, mas a gente sabe que ela vale muito. Mais que um, mais que, mais que tudo, é mais que o fim. Tudo bem que amizades verdadeiras nunca acabam, mas eu sempre quis saber se amizade tem que ser algo recíproco, isto é, se eu te considero meu amigo, você é realmente meu amigo? E as falsas amizades? E o distanceamento? E o esquecimento? Ser esquecido deve ser muito ruim, espero não ter sido esquecida por todas as pessoas que já passsaram pela minha vida, ou melhor, por cujas vidas um dia passei. Pois acho que todas elas foram importantes pra mim. Mesmo para uma forte relação, mesmo para um riso discreto. Taí, meu desejo mesmo é não esquecer das pessoas que conheci. Agora ficou bom ♥

"As pessoas entram em nossa vida por acaso, mas não é por acaso que elas permanecem."-- Lilian Tonet


Ouvindo: Lock on the new sekai - Antic café.

2 comentários:

niih disse...

Pakii *-*~~
que blog lindoo x3~~
parabens i.i/
que post hein o-o vc escreve bem :3

kissu ;*

hichan x3 disse...

sabe que ultimamente eu andei pensando algo parecido? eu me perguntei o que eu faria quando alguem especial chegasse a não fazer mais parte da minha vida, nunca mais. afinal, eu também nunca passei por essas coisas, e fico me pergutanndo como eseria minha reação. aí logo começo a pensar em coisas negativas e mudo de pensamento.

eu acho que infinito é uma palavra meio triste, quase como uma utopia... antes eu vivia falando "num-sei-o-que pra sempre!" mas... ahh, se for infinito... aí não tem graça ~~ o finito faz parte do amadurecimento e da propria vida x3

bom, vou indo n_n"
tchau tchau, pakki! poso te chamar de pakki? ;3 pakky. pakk. HAHAAH, tchau tchau! (L)