sábado, 17 de novembro de 2007

Nada.


Quem inventou o amor me explica por favor
Quem me diz o que aconteceu faz de conta que passou.
Daqui vejo seu descanso,perto do seu travesseiro depois quero ver se acerto quem dos dois acorda primeiro.
Em quanto a vida vai e vem voce procura achar alguem que um dia possa lhe dizer quero ficar so com você.
Quem inventou o amor me explica por favor...

Legião urbana - Antes das seis

- Imagine o nada.
- O nada? Como assim?
- O nada.
- Algo preto?
- Não, o preto é preto e o nada é nada.
- Vazio?
- O vazio é vazio, o vazio não é nada.
- Me perdoe, mas não te compreendo....
- Um nada, não um vácuo, um preto, uma escuridão, por mais que o vácuo seja vaxio e coberto de escuridão, ele ainda tem um fio de sentimento, aquele desconsolo, aquela solidão. O nada, como eu posso descrever? Como você pode imaginar? Mais quente que o sol, mais frio que o gelo, mais escuro que o preto, mais claro que o branco, mais agressivo que um olhar de desconfiança, mais discreto que uma lágrima no mar, mais silencioso que o seu olhar, menos confuso que nosso amor.
- Como nosso amor é menos confuso que o nada? Você mesma não sabe o que é o nada, entao o nada é mais misterioso que o amor.
- Pois me diga.
- O que?
- O que é o amor?

2 comentários:

Ro disse...

Oi Patty!

Isso é complicado mesmo né?
:/
Sei la acho que o nada é tao nada que nem da pra imaginar...
ehaushuehsauh



*Já era pra eu ter comentado, mas eu tinha esquecido. xD

~.Beeijo*
Te amo.

marina; disse...

o amor

é a coisa mais próxima que nós temos da magia.

te amo.