sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Pátria Amada (Mensagem ao cara da papelaria)

Se sonho conhecer o mundo
não é por querer abandonar-te
que meu amor por ti é profundo
e sinto-te por toda parte

Se ontem escrevi teu nome errado
se minha má pronúncia te fez grande estrago
saiba que muito tenho te amado
e por isso, estes versos hoje eu trago

Meus cabelos negros podem dissimular meu amor
mas bem saiba apesar de minha cor
quero-te muito bem e adoro-te com ardor

Um comentário:

Heitor P. B. disse...

Caramba, Paty, sempre se superando, hein.

Já está com saudades da escola????