sábado, 4 de julho de 2009

2.7%

Cultivo plantas
e um amor
suas flores, ainda em botão
são tímidas e delicadas, mas
quem sabe quando seus frutos
e meu coração
amadurecerem, poderei colhê-los
e orgulhoso, desfrutar de seu sabor.

5 comentários:

Luiz Daniel disse...

Assisti todos os seus poemas. São iguais a você. Simples, calmos, e fortes ao mesmo tempo. Madar-lhe-ei meus poemas assim que perder a preguiça. rsrs.
Beijo, Daniel.

Daniel Vigna disse...

http://danielvigna.blogspot.com/
resolvi criar também! hahahaha

Daniel Vigna disse...

como eu faço pra te lincar? e linque-me também.

Daniel Vigna disse...

Eba, eba! Consegui, tá lá agora! :D
Olha, você já imaginou que no futuro poderemos ser estudados como a vanguarda poética do início do séc. XXI? hahahhha

marina; disse...

Ai Paki, poetisa! D: Coisa marlinda, viu? Amei, amo seus poemas ._. Me manda um autografado? HAUSHASUHSAHU Te amo!