quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Lembrança

Quando eu era mui pequena
eu tinha um amigo
e ele era um urso
e apesar de ser urso ( e não uma pessoa)
foi ele quem me ensinou a gostar das pessoas
ensinou- me porque não tinha medo
mostrou-me como somos pequenos
e como ser grande apesar disso
não era rico, não era forte, não era sábio, não foi violento, não gritou, não era pessoa, era urso, apenas isso, e muito humano
com seus grandes braços abarcava o mundo
e imobiliza os ricos, os fortes, os sábios, os violentos, os histéricos, as pessoas, e os ursos

ensinou-me o poder de um abraço bem dado, um abraço de urso

4 comentários:

Marcelo Papa disse...

interesante, gostei do final muito inteligente.

Marcelo Papa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcelo Papa disse...

em relação ao seu comentário fico muito grato, acho que quelquer um está sujeitoao que eu escrevi, e de fato ocorreu comigo. Na verdade não escrevi em um tempo futuro pois o dia começa a meia noite né, e ás 00:14 foi bem a hura em que terminei de redigir o texto. um abraço e um beijo, um beijo e um abraço

Heitor P. B. disse...

Bem criativo e interessante. Gostei.
Me lembrou daquela tirinha do ... esqueci o nome, Calvin? Ah, não, droga, o Calvin tinha um tigre, não um urso.